Monday, March 26, 2007

um emaranhar de pernas...de vidas...


Emaralhámo-nos de vidas, de uma só vida...a nossa! a que era a nossa... a que ainda é um pouco a nossa... e fugimos e ficámos e saltámos e chorámos e ouvimos e calámos e fomos...fomos tantas vezes, fomos tanto, mutuamente tanto... cheguei a sentir a tua alma na minha...e sinto...e pressinto ainda as nossas pernas a emaranharem-se, os nossos olhos simplesmente fechados ternos...enamorados...eternamente enamorados!
E viveremos e reviveremos... e apaixonada, terna e melancolicamente recordaremos e caíremos nos nossos próprios braços, na nossa própria pele e ficarei despida de mim e tu de ti ficarás somente pra mim... de corpo e de alma, de amor e de paixão...
eternamente ficarás... eternamente irás ficando e indo...seguindo e parando!

0 Comments:

Post a Comment

<< Home